Muitos Gols Para uma Final: Palmeiras 5 x 0 Ponte Preta.

5 de mai de 2008

Muitos Gols para uma Final: Palmeiras 5 x 0 Ponte Preta.
Palmeiras goleia a Ponte Preta e garante o título do Campeonato Paulista de 2008.


O Palmeiras recebeu e goleou o time da Ponte Preta no Palestra Itália no segundo jogo da final do Campeonato Paulista 2008, garantindo o título e confirmando seu favoritismo. Apesar da equipe do Palmeiras ter entrado em campo mais recuada que o normal, não deixou de atacar e anulou as melhores jogadas da Ponte Preta. Com o placar em vantagem, o Palmeiras abaixou o ritmo do jogo com muitas faltas que renderam diversos cartões amarelos. Vamos às escalações:

Palmeiras

Ponte Preta



Posicionamento Efetivo - Palmeiras 1o Tempo

Normalmente o posicionamento efetivo do Palmeiras conta apenas com os dois zagueiros e o volante Pierre no campo defensivo, mas desta vez foi diferente. Martinez também conteve suas subidas, assim como Élder Granja, lateral esquerdo do Palmeiras. Os atacantes Alex Mineiro e Kléber fizeram boas atuações e deram muita movimentação ao ataque, utilizando tanto o meio quanto as laterais do campo ofensivo.


Posicionamento Efetivo – Ponte Preta 1o Tempo

.

A Ponte Preta foi à frente com muitos jogadores logo no início do jogo. Os laterais apoiaram muito mas tinham dificuldade para chegar à linha de fundo, sendo obrigados a passar a bola para o meio. Os volantes Deda e Ricardo Conceição se preocuparam com Valdívia e Diego Souza e as laterais do campo ficaram completamente sem marcação.

.

No segundo tempo o Palmeiras já estava em grande vantagem e jogou nos erros do adversário, matando o jogo nos contra-ataques. Denílson e Lenny trouxeram o jogo para o lado esquerdo do ataque.

Pelo lado da Ponte Preta, Vicente tentou apoiar mas foi barrado pela marcação de Élder Granja e Pierre, que congestionava o setor.


Posicionamento Efetivo Sobreposto – 2o Tempo

Vamos aos números do jogo todo:



Os números mostram um equilíbrio na partida e grande eficiência do Palmeiras, que utilizou as faltas para conter as subidas da Ponte Preta e, mesmo cedendo muitos escanteios, não deixaram que estes fossem convertidos em gols, exercendo forte marcação nas bolas aéreas. Na verdade, a maioria das cobranças de Eduardo Arroz e Renato não passavam de Martinez, posicionado sempre na primeira trave.

Fundamentos Ofensivos dos laterais do Palmeiras
Leandro (6) e Élder Granja (2).

.

Os laterais do Palmeiras tiveram bastante liberdade, principalmente Leandro pela esquerda, que recebia cobertura de Martinez. Pela direita Élder Granja subiu menos para evitar os ataques de Vicente (lateral da ponte) e cumpriu bem a sua função.


Fundamentos Ofensivos
Alex Mineiro (9) – 1o Tempo

Fundamentos Ofensivos
Kléber (30) - 1o Tempo

Não foram só os laterais do Palmeiras que encontraram liberdade nas laterais do campo. Alex Mineiro e Kléber apareceram várias vezes sem marcação nos dois lados do campo e eram os principais receptores dos passes de Leandro e Élder Granja.

Fundamentos Ofensivos dos laterais da Ponte Preta
Eduardo Arroz (2) e Vicente (6).

Fundamentos Defensivos dos Volantes do Palmeiras
Pierre (5) e Martinez (11).

E porque o ataque da Ponte Preta não deu certo? Os laterais apoiavam bastante, mas não chegavam com frequência na linha de fundo. No campo de ataque, encontravam forte marcação não só dos laterais do Palmeiras, mas também dos volantes Pierre e Martinez. Assim, eram obrigados a passar a bola para o meio, onde os jogadores da Ponte Preta tinham mais espaço mas mesmo assim erravam muitos passes. Com muitas bolas perdidas próximas à área do Palmeiras, a Ponte Preta acabou cedendo muitos contra-ataques, principalmente no segundo tempo.

Fique ligado porque em breve disponibilizaremos a VÍDEO-ANÁLISE trazendo mais detalhes da final!

Clique no link abaixo para baixar o relatório de scout completo!

Palmeiras 5 x 0 Ponte Preta

Dados Fornecidos Pela ScoutOnline

1 comentários:

pelé disse...

ae, o vídeo ficou bem legal, vale a pena ver...