Derby Campineiro: Será que deu para matar a saudade???

17 de mar de 2008

Com placar elástico a Macaca supera o Bugre

E a zebra não apareceu no derby campineiro!!! A Ponte Preta, superior tecnicamente, fez valer o favoritismo e faturou o clássico. Mesmo com mais posse de bola durante o jogo, a equipe do Guarani assustou pouco o adversário. Ao longo da partida foram apenas 13 tentativas de finalização, todas com os pés. Destas, como vemos na figura 1, apenas 5 foram no gol e a maioria foi de fora e de longe da área.

Figura 1: Finalizações Guarani


Já a Ponte Preta, com muitos contra ataques, acertou a meta adversária 8 vezes. Foram 17 tentativas ponte pretanas, duas delas de cabeça. Podemos ver estas informações na figura 2.

Figura 2: Finalizações da Ponte Preta


Com Elias(8) bem marcado o jogo todo e Renato (10) um pouco acanhado no primeiro tempo, tivemos um clássico de altos e baixos. Os dois times se revezaram na posse de bola e comando do jogo como vemos no gráfico a seguir. Ambas as equipes tiveram oportunidade de ganhar o jogo, como em todo bom clássico, mas no final, valeu a superioridade técnica do alvinegro campineiro.

Figura 3: Posse de bola das equipes em porcentagem pelo tempo de jogo


Os números apresentados na tabela a seguir indicam a rivalidade presente no clássico. Superior nas jogadas de fundo, a Ponte utilizou bem as pontas e laterais para criar suas jogadas. O Guarani, mesmo tendo um melhor aproveitamento de passes, não conseguiu ultrapassar a defesa adversária e sofreu nos contra ataques gerados com as bolas perdidas no ataque.

Figura 4: Tabela comparativa de fundamentos entre as equipes.

Figura 5: 1ºTempo PON x GUA.

Jogando de branco, o Guarani insistiu no lado direito do seu setor ofensivo, mesmo sob forte marcação adversária. A liberdade no setor esquerdo gerou 7 cruzamentos para o bugre ao longo do jogo, 3 no primeiro tempo, mas apenas um correto. Isso evidencia a deficiência técnica da equipe pelo setor.

No seu campo de defesa, mesmo com boa marcação no Elias (8), o bugre deu espaço entre os zagueiros e nas pontas para as tentativas adversárias. Com boa movimentação, a Ponte soube aproveitar os espaços e terminou a primeira etapa com dois gols de vantagem


O Guarani voltou diferente para o segundo tempo. Cris(18) entrou no lugar de Andrezinho(11) e fez o primeiro gol bugrino do jogo. A Ponte, buscando dar liberdade a seus laterais colocou o volante Ricardo Conceição(15) no lugar do atacante Marcelo Soares(11). Com isso, Deda(5) se tornou o terceiro zagueiro e o lateral esquerdo Fabinho (6) teve liberdade para atuar como ala apoiando o ataque.

Eduardo Arroz(2) se manteve mais recuado para auxiliar na marcação do setor defensivo direito da Ponte, mas não deixou de apoiar o ataque e ajudou Elias(8) a sair da marcação com tabelas.

___Figura 6: 2º Tempo PON x GUA.


O Guarani bem que tentou, e até conseguiu mais um gol após levar o terceiro, ajudando a não esfriar o jogo. Mas a superioridade técnica da Ponte falou mais alto e no final do jogo Wanderley(18), recém saído do banco, marcou o último da Macaca e encerrou a partida.

Não acertamos no placar, mas a soberania técnica ponte-pretana superou a garra bugrina e confirmou o favoritismo da Ponte. Infelizmente, outro desses só ano que vem, e olhe lá.... Força Guarani, a Ponte está brigando pelo título! E você? Vai cair???

Confira no link abaixo o relatório de scout completo da partida.

Dados fornecidos pela ScoutOnline

3 comentários:

Anderson Marcaieri disse...

A Ponte precisa ser mais constante nos jogos, ela pode perder a classificação por bobeiras em momentos chaves dos jogos

Contra o Guarani só não perdeu pontos pq os caras são muito ruim, mas em outros jogos a macaca ja perdeu a chance de estar tranquila.

Jefferson disse...

Perdi meu tempo e as esperanças indo no Derby... onde o guarani vai parar??? Será que já ta no fundo??? Será que dá pra ir mais pra baixo??? Se continuar assim, como vou concencer meus filhos a serem bugrinos??? Valeu a raça... Mas faltou muita técnica, muita tática... Quando vai ser o próximo hein??

Anônimo disse...

Ae jefferson,
quer uma pasinha??? O bugre ta no fundo mas a galera da diretoria acabou e assinar um acordo com uma grande firma.... ela fabrica pá, o patrocínio é em espécie para ver se o bugre alcança algum limite..... para baixo..... vergonhoso..... tava querendo mudar de emprego, vou lá brigar por uma vaguinha....