Início fulminante garante início de reação do São Paulo

8 de jun de 2008

Início fulminante garante início de reação do São Paulo frente ao Atlético Mineiro.
Com três gols nos 15 minutos iniciais da partida, São Paulo se reabilita no Brasileiro. Atlético tem atuação pífia.


O São Paulo não deu tempo para o Atlético Mineiro assimilar o início do jogo, e saíu na frente do marcador logo aos 8 minutos de jogo com um belo chute de Hernanes, no ângulo, de fora da área. No entanto, enquanto o time mineiro tentava se organizar em campo, Joílson ampliou o marcador aos 12 minutos, seguido por André Dias, aos 15 e Hugo aos 38, todos na primeira etapa. No segundo tempo, Coelho descontou para o Atlético, aos 25, e Hugo decretou o placar final aos 39 minutos.

São Paulo

Atlético Mineiro

Posicionamento Efetivo Sobreposto- 1o Tempo

O posicionamento adiantado da defesa sãopaulina ilustra bem como foi o início do primeiro tempo, isto é, um jogo de um time só, e tricolor. Destaque para Joílson(12), que jogou com muita liberdade pelo meio campo, se movimentando e executando jogadas pelos dois lados, sempre com muito espaço. No entanto, o tricolor recuou após o terceiro gol, e errou constantes passes quando saía nos contra-ataques. Já o Galo tentava explorar pelo lado direito, principalmente com as investidas de Coelho(2), que não deram certo devido ao grande contingente defensivo do São Paulo. No fianal desta etapa, ainda deu tempo de Hugo(18) empatar de cabeça, após cruzamento da direita de Jancarlos.

No segundo tempo, o time mineiro veio disposto a alterar o placar com boas jogadas pelo lado esquerdo efetuadas por Renan(7) e Petkovic(10). Conseguiu aos 25 minutos, após chute de Coelho(2), que desviou na zaga sãopaulina, e pegou o contra-pé de Rogério Ceni. O Atletico ainda tentou esboçar uma reação definitiva, porém o time de Muricy melhorou com a saída de Aloísio e a entrada de Éder Luis(9), que se movimentou com muita liberdade pela direita, e recebeu apoio de Joílson. Com o jogo equilibrado, Hugo decretou a goleada tricolor após jogada individual, e chute rasteiro na saída do goleiro.

Posicionamento Efetivo Sobreposto- 2o Tempo

Em nenhum momento do jogo, o São Paulo teve o placar ameaçado, porém após o início “morno” de segundo tempo, o Atlético se organizou e aproveitou o bom desempenho dos jogadores do lado esquerdo para incomodar a zaga tricolor. Na figura abaixo, apesar dos passes sugerirem uma melhor participação do Galo no jogo, isto não ocorreu na realidade, pois muitos dos 314 passes certos, são referentes ao passes sem objetividade efetuados principalmente nos momentos em que o São Paulo recuou, e passou a marcar meio-campo, buscando explorar sair com velocidade nos contra-ataques.



Fluxo de passes (1°T) – São Paulo

Perecebe-se que o bom desempenho do ala Joílson(12), improvisado no meio de campo, foi decisivo para a construção do placar no primeiro tempo. Além de ser o maior passador da equipe, ele ainda efetuou jogadas em velocidades, ajudou na marcação, deu uma assistência e ainda fez um belo gol de fora da área. Sem dúvida foi o fator de desequilíbrio.


Acompanhou o scout do jogo São Paulo x Atlético-MG AO VIVO no clube do futebol? Gostou? Tem sugestões? Críticas? Queremos saber a sua opinião! E você ainda pode visualizar os dados do jogo completo clicando aqui. Deixe seu comentário e nos ajude a desenvolver cada vez mais o blog do clube do futebol!

Dados Fornecidos Pela ScoutOnline

0 comentários: