Quem faz... Leva!? Corinthians 2x2 Juventus

19 de mar de 2008

O ditado diz: "Quem não faz, leva!". Mas este jogo provou que isso nem sempre é verdade! Com Diogo Rincón (15) e Heverton (29) o Corinthians teve mais criatividade no meio campo e abriu o palcar no primeiro tempo. Na segunda etapa aconteceram 3 gols em cinco minutos. Quem fez, levou, deixando o jogo empatado em 2 a 2. O esforço do Corinthians nos últimos 25 minutos não foi recompensado e a equipe conquistou apenas 1 ponto.

Posicionamento Efetivo da Equipe do Corinthians

Quer saber o que singinfica Posicionamento Efetivo? Clique Aqui!


A formação alvinegra deu ofensividade ao time sem depender apenas do bom desempenho dos laterais. Já no setor defensivo, apesar de alguns acharem que Suarez (14) tivesse atuado como um terceiro zagueiro, sua função era proteger o meio campo e facilitar o trabalho de Fabinho (32), que também teve mais liberdade para atacar.
É importante ressaltar um detalhe que pode ser percebido no posicionamento efetivo corinthiano (figura acima): Os jogadores tendem a atuar mais do lado direito e André Santos (27) acabou com poucas opções de ataque. Para outros jogos é importante que a equipe consiga utilizar os dois lados do campo, o que aumentaria seus recursos ofensivos.

Posicionamento Efetivo da Equipe do Juventus

Quer saber o que singinfica Posicionamento Efetivo? Clique Aqui!

O Juventus foi uma equipe muito guerreira e sempre acreditou que poderia sair com um resultado positivo. Apesar de não ter conseguido atacar constantemente a equipe do Corinthians, o "muleque travesso" foi muito eficiente nas finalizações. O quadro abaixo destaca em vermelho os números que mostram a superioridade do Corinthians; em azul o melhor aproveitamento do Juventus nas finalizações.


Obs: Os números relativos aos chutes certos e errados não incluem as finalizações de cabeça.
Chutes interceptados podem ser certos ou errados, dependendo do julgamento do observador.


O Juventus ficou bastante fechado na marcação e aproveitou bem os contra-ataques. Finalizou pouco mas muitas vezes de locais próximos à meta, tanto de cabeça quanto com os pés. Ambos os gols saíram de finalizações de dentro da área, sendo o primeiro com os pés e o segundo após um rebote de uma bola de cabeça na trave, também de cabeça. A figura abaixo mostra as finalizações do Juventus e reforça a importância de aproveitar os chutes: foram apenas 4 bolas no gol e 1 na trave, mas duas entraram!


Para baixar o relatório de scout completo clique no link abaixo:

Corinthians 2x2 Juventus

Dados Fornecidos pela ScoutOnline

1 comentários:

Anônimo disse...

Concorco, o corinthians merecia a vitória!
Mas isso reflete o grande problema no ataque do Corinthians.. O meio realmente ficou mehor com Heverton e Diogo Rincon, mas o ataque perde muita chance.. Tem q matar logo o jogo!
Gui Dias