No Confronto entre Coritiba e Palmeiras o destaque foi o ex-joga

14 de mai de 2008

No Confronto entre Coritiba e Palmeiras o destaque foi o ex-jogador do Guaratinguetá.
Michael, recém contratado pelo Coritiba, fez um gol e deu passe para outro na vitória do Coritiba sobre o Palmeiras.



Coritiba e Palmeiras se enfrentaram pela primeira rodada do Brasilirão 2008 e o destaque da partida foi sem dúvida um jogador que recentemente ajudou a levar o Guaratinguetá às semi-finais do Paulistão: Michael (11), que jogou como atacante e acabou com a zaga do Palmeiras, principalmente no segundo tempo. Vamos às escalações:

Coritiba


Palmeiras


Posicionamento Efetivo Sobreposto- 1o Tempo


.

A equipe do Palmeiras, com sua nova camisa amarela (alguns diriam verde-limão...) entrou em campo sem muitas novidades. Mesmo assim, conseguiu manter a bola no campo de ataque e exercer certa pressão sobre o Coritiba.

Porém, não foi suficiente. Além de Michael (11) no ataque, o meio campo do Coritiba também contava com outro reforço do Guaratinguetá: Alê (8). A boa organização da defesa do Coritiba manteve o placar do primeiro tempo em 0 a 0.


Já aos 9 minutos do segundo tempo a boa atuação do atacante Michael foi reforçada pelo gol marcado pelo próprio jogador após excelente jogada e tabela rápida com seu companheiro de ataque Hugo (18), que acabara de entrar. O Palmeiras usou o mesmo recurso que vinha sendo eficiente no Paulista e colocou Denílson (19) e Lenny (23) no jogo, além do estreante Sandro Silva (20). Apesar de terem conseguido trocar muitos passes, deixaram espaço para o contra-ataque e Michael resolveu a problema para o Coritiba, deixando Hugo (18) sem goleiro e em plenas condições de aniquilar o jogo.

Posicionamento Efetivo Sobreposto- 2o Tempo


Os números abaixo mostram que apesar de o Palmeiras ter conseguido realizar mais passes, não foi suficiente para entrar na boa defesa do Coritiba, que também utilizou muitas faltas para deixar o jogo em um ritmo mais lento. Ambas as equipes construiram chances, mas normalmente os contra-ataques do Coritiba eram mais perigosos do que os ataques posicionais do Palmeiras.



Fundamentos Ofensivos – Michael (11) - Coritiba


Os fundamentos ofensivos do atacante Michael (11) mostram que atuou principalmente pelo setor direto, nas costas de Leandro (6), que era o lateral que mais subia ao ataque pelo lado do Palmeiras. Tal estratégia foi muito eficiente e a atuação de Michael por si só não explica o resultado do jogo. Seus companheiros conseguiram anular os ataques do Palmeiras e fazer com que a bola chegasse aos seus pés com extrema facilidade. O Coritiba montou uma boa equipe e deve ocupar boas posições no Brasileirão 2008!


Dados Fornecidos Pela ScoutOnline

0 comentários: